sábado, 29 de dezembro de 2012

Policial Militar confunde Bíblia com arma e mata lixeiro


Comando da PM disse que investigará a morte do coletor de lixo Antônio Marcos dos Santos
Nesta quinta-feira (27), o comando da Polícia Militar de Avaré (SP) informou que irá apurar o assassinato do coletor de lixo Antônio Marcos dos Santos, 42 anos. O homem foi morto na noite de quarta-feira (26) próximo à casa onde morava, no bairro Bonsucesso, por um policial militar que confundiu a Bíblia que a vítima levava no bolso com uma arma.
De acordo com o major Maurício José Raimundo, o tiro foi disparado por um cabo da PM. Para Raimundo, o caso foi uma tragédia. “O policial envolvido é considerado um bom profissional. Não tem histórico de violência. Infelizmente foi uma fatalidade”, comenta.
O policial foi preso e encaminhado ao presídio militar Romão Gomes, na capital paulista, local onde ficam detidos policiais militares investigados.
Bíblia que a vítima leva no bolso foi confundida com arma
A morte é investigada pela Polícia Civil. O inquérito foi instaurado no 2º Distrito Policial. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima estava a pouco mais de dez metros da casa e seguia para uma igreja levando uma Bíblia. Ele foi abordado pelos PMs e recebeu ordens para levantar os braços por diversas vezes. Quando obedeceu, o policial notou o volume no bolso da vítima e achou que se tratava de um revólver. O cabo da PM atirou contra a vítima que foi atingida no pescoço. O homem foi socorrido pelos próprios policiais ao pronto-socorro da cidade, mas não resistiu o ferimento.
No velório da vítima, emoção e revolta dos familiares. O irmão do funcionário público, José Valdecir Côrrea, conta que Santos nunca teve problemas com a polícia e era uma pessoa dedicada ao trabalho. “Ele saia de casa às 4h30 para trabalhar e voltava ao meio dia. Tomava um banho e ia descansar. Quando dava, ia para a igreja. Nunca fez nada de errado”, diz. Com a morte trágica, a família pede providência das autoridades policias. “Precisamos de Justiça. Que o responsável pague pela morte do meu irmão”, diz.
Santos será enterrado nesta sexta-feira (28) no cemitério municipal.
Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.
Fonte: G1

7 comentários:

  1. A cada dia fica mais claro que nossos policiais não estão sendo capacitados para lidar com o público. E tem valido a lei do "atira para matar e pergunta depois, se a vítima sobreviver". Muito triste!!!!!! Que Deus ilumine nossas autoridades para esse quadro mudar!!!!!

    ResponderExcluir
  2. nao foi uma fatalidade.pois se abliblia estava no bolso e nao na mao o policial nao corria risco era so ele render e revistalo.como que ve algo no bolso e vai atirando este policial tem que pegar prizao pro resto de sua vida.mas como no brazil nao tem boas leis ja ele estara pela rua

    ResponderExcluir
  3. nao foi fatalidade sim emrresponsbilidade

    ResponderExcluir
  4. Por favor, né? Quem é que confunde uma bíblia com uma arma? Hipocrisia demais. Mas creio que o rapaz está descansando, e que vai encontrar Paz no Senhor, e Ele não deixará de ser justo.

    ResponderExcluir
  5. Participe de mais um grupo de propósitos da internet - TransformAção
    solicite sua participação no grupo ~> http://www.facebook.com/groups/369062563190064/ e mude sua vida !

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.